Praticar Rapel em Bonito é ideal para quem gosta de esportes radicais

rapel-boca-da-onca

Município atrai milhares de visitantes durante o ano que buscam o chamado ecoturismo

A cidade de Bonito, no Mato Grosso do Sul, é conhecida pela sua beleza natural. Procurado por turistas que amam aventura, o município é um dos principais pontos do país para quem gosta de fazer rapel. A cerca de 300 km da capital Campo Grande, Bonito é capaz de proporcionar tranquilidade e bastante contato com a natureza.

Como o turismo é responsável por importante parte da economia local, a cidade é organizada e tem infraestrutura suficiente para receber os visitantes. De acordo com o relatório anual do Observatório do Turismo e Eventos de Bonito (OTEB), coordenado pelo Bonito Convention e Visitors Bureau, mais de 200 mil pessoas visitaram o município em 2018.

Apesar de ser uma cidade pequena, de 20 mil habitantes e com quase 5 mil km² de área, Bonito é um destino de fácil acesso, com diferentes opções de deslocamento na região, que conta com bons restaurantes e vasta rede hoteleira. Pode-se viajar em qualquer período do ano, porém, é indicado que sempre se consulte a meteorologia, pois o verão costuma ser chuvoso, enquanto o inverno é mais seco.

Entre os principais atrativos de Bonito estão seus parques de cachoeiras e suas cavernas. Este cenário cercado de vegetação possibilita a realização de rapel em vistas incríveis. O rapel é um esporte vertical praticado com cordas e geralmente ao ar livre. Para fazê-lo é preciso ter força, técnica e uma boa dose de coragem para encarar grandes descidas. Como trata-se de uma atividade radical, é essencial que seja feito mediante ao acompanhamento de um profissional por questões de segurança.

Além de liberar grande quantidade de adrenalina, o rapel é um esporte que ajuda no controle da ansiedade, melhora a coordenação motora, aumenta a força muscular, reduz o estresse, entre outros benefícios. O rapel em Bonito é feito principalmente em dois locais: Abismo Anhumas e Cachoeira Boca da Onça.

Os passeios contam com treinamentos prévio, acompanhamento de instrutores e todo equipamento necessário para a prática do rapel. Abaixo, detalhamos as especificidades de cada atração:

Rapel no Abismo Anhumas

O rapel no Abismo Anhumas é feito em uma modalidade chamada rapel negativo, onde a pessoa desce sem apoiar os pés em uma parede. Ao todo o local permite uma descida de 72 metros de altura, algo como um prédio de 26 andares. Dentro da caverna, o visitante ainda encontra um lago de águas cristalinas, com mais oitenta metros de profundidade, onde é possível realizar mergulho.

Antes do passeio, exige-se treinamento para que a diversão aconteça da forma mais segura possível. A contratação da atração inclui todos os equipamentos necessários para a realização do rapel e do mergulho, mais o acompanhamento dos instrutores nas duas atividades e seguro de acidentes pessoais.

O Abismo Anhumas fica a 23 km do centro de Bonito.

rapel abismo anhumas

Rapel na Cachoeira Boca da Onça

O rapel na Cachoeira Boca da Onça proporciona a prática do esporte na maior plataforma para a modalidade do Brasil, em um rapel negativo de 90 metros de altura e uma estrutura de metal com 34 metros de comprimento. Da área de rapel ainda é possível ter na paisagem a cachoeira, considerada a maior do estado de Mato Grosso do Sul com 156 metros de altura e onde as pessoas podem se banhar.

Assim como em Abismo Anhumas, o passeio inclui treinamento, os equipamentos necessários para o rapel, acompanhamento de instrutores e seguro contra acidentes. Boca da Onça fica a 55 km de Bonito.

O que levar no Rapel em Bonito

Para a prática do rapel, a recomendação é que os visitantes levem dinheiro em espécie, lanche, câmera fotográfica, roupa de banho, protetor solar, repelente, chinelo, calça longa, toalhas e tênis. Caso o turista queira fazer mergulho, no caso de Abismo Anhumas, deve-se incluir também máquina subaquática, para conseguir registrar todos os momentos do passeio.

Cuidados ao praticar Rapel

Além do treinamento prévio, existem também outras questões que precisam ser consideradas por motivos de segurança. O rapel não é indicado para pessoas com problemas cardíacos ou dificuldades motoras. O esporte é recomendado para pessoas com um nível médio de condicionamento físico. Chuvas e outros contratempos podem causar o cancelamento da atividade.

Já o mergulho é proibido para gestantes. Também não é permitida a utilização de drones, facas e grandes equipamentos de filmagens, nem o uso de protetor solar, repelente e outros cremes. É recomendável que os turistas estejam de barba feita para não atrapalhar a vedação da máscara de rosto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Open chat
1
Olá, caso tenha dúvidas estamos aqui para lhe auxiliar.